Páginas

terça-feira, 2 de junho de 2009

DOS MEUS QUASE, NÃO E TALVEZ


E eu repito e insisto. É porque o talvez não me basta e fica entalado na garganta. Não desce. E eu preciso mais uma vez ir até você e com todos os seus rodeios dizer pra mim que não, esse não é seu jeito. Sim você é um filho da puta. É tô a fim de te xingar hoje. Chega de filosofar com palavras bonitas. Porque a verdade é que a única coisa boa que você me deu são os versos que escrevo pensando em você. Se é que eles são tão bons assim. Talvez eu queira ouvir de fato um claro e sonoro não da sua boca pra dessa vez fazer diferente. Dessa vez parar de insistir com os nãos na minha vida. É encaixar ele em mim e fazer dele um modo de seguir em frente. Mas ficam sempre as coisas por dizer. Terminamos sempre em jogos de complete com uma palavra e reticências. E mesmo dizendo que não gosto eu sempre caio nesses joguinhos.

-=Þëqµëñä Þö놡zä=-

8 comentários:

clarice ge disse...

interessante como, dentro de todas as dúvidas, és tão plena de certezas. todas tuas perguntas já contém as respostas. para acender a lâmpada basta apertar um botão...
o que está oculto é o que não queremos que se revele...
abraço meu

Lucas Lima disse...

muito bom, rsrs
Engraçado é que nossas respostas sempre estão tão perto, rsrs, o problema é que quando elas nos desagradam, tentamos afastá-las, rssrs
Bons Dias

Fabricante de Sonhos disse...

É isso... Quando a coisa tá presa na gargante, não adianta... Uma hora ou outra saí.
Bem, o que vc disse eu concordo... te rendeu bons versoso (sim, eles são ótimos) agora quanto aos "talvez", é duro mesmo... Seria tão mais fácil um dolorido não... Eu te entendo muito...
E sabe o que é o pior... A gente sabe o que tem que fazer... sabe qual é o caminho... E quem disse que conseguimos segui-lo???
Mulhar apaixonada é bicho bobo... Somos, né...
Talvez... rs.

Adorei o desabafo! Tá lindo!

Fabricante...

Su disse...

tente perceber o que está te fazendo repetir as mesmas coisas, ou como vc mesma disse, cair nos mesmos jogos... só depende de vc fazer um caminho diferente!
bjosss!!!

meus instantes e momentos disse...

é muito bom voltar aqui.
Maurizio

Gabriela disse...

e quem nunca caiu afinal de contas?

bjs

Vinny disse...

A paixão não mede palavras.

juddysunshine disse...

Nem preciso dizer que tem muito "não" nesse post né?
hahahahhahaha

"E eu repito e insisto. É porque o talvez não me basta e fica entalado na garganta. Não desce"
Lê isso de novo e me diz que não parece outra coisa?
Vou trocar alguns detalhes...Apenas a posição do artigo 'o'
"E eu repito e insisto. É porque talvez o não me basta e fica entalado na garganta. (O) Não desce."
Se vc não entender depois te explico pessoalmente
;D