Páginas

domingo, 4 de março de 2012

DE RECOMEÇOS


Então se perder faz parte das etapas concluídas, mais do que se achar. Quando se termina algo, a busca por outros caminhos muitas vezes nos obriga a se desmanchar. Isso, quando não ficamos em pausa. Estatelados. À espera do furacão que desorganize. Pois quando a gente não faz o furacão uma hora ele chega. Pode ter certeza. E se ainda assim, no fim dissermos estarmos tão certos e tão precisos. Completos. Ainda assim é um tipo de perdição. Perder-se na certeza pode ser um caminho perigoso, mas ainda assim é um caminho. Seja por onde seguirmos rumo à desordem. Seja onde formos pra buscar o que não se alcança. Que possamos aprender a partir e a se partir.

5 comentários:

Darlan disse...

É, dizem que o caminho é mais importante que o destino, maior que a chegada.

Tamára Roots disse...

Continuemos na roda eterna dos ciclos. Re-começar é sempre um bom caminho.
Paz&Luz

http://tamararoots.blogspot.com/

Fabricante de Sonhos disse...

Perder-se também é caminho.
Se partir, para ser inteiro...
Amei o texto, está lindo.
O blog todo está um carinho na alma.

E eu estava com muitas saudades daqui...

Um beijo Grande!
Milla Borges

Rafaneios disse...

Adorei, traduz muita coisa que venho pensado e sentido.

FIquei pensando o quão arriscado é se partir. E se perder pedaços? Talvez inventar outras formas, mas isso é custoso e não se faz sozinho. Devaneios da vida...

Naia Mello disse...

olha, dizem que a desordem é o caminho da ordem. Então a bagunça que está ocorrendo no momento ira fomentar a esperança e as mudanças do seu futuro.