Páginas

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

DESSE (ISO)LAMENTO



Então já não acompanho a velocidade com que as coisas se misturam. Nesse emaranhado de mundos vasculho o sentido da coisa. Mas o sentido da coisa é apenas um sentido da coisa. E eu não consigo dar conta do sentido completo. Por mais que tome meu corpo. Eu ainda insisto em vendar os olhos, tapar os ouvidos e amordaçar a minha boca. Se soubesse qualquer outra forma a mais de isolar contato eu ainda faria. Tenho me negado a sentir o sentir. Pois finjo que sinto. Me isolo pra sentir e deixo o sentido fora da minha zona de proteção. E nem sei bem reconhecer que forma ganha minha pele. Qual a dança tem feito minha musculatura. Qual o ritmo das minhas veias.

8 comentários:

Priscila Rôde disse...

"Me isolo pra sentir e deixo o sentido fora da minha zona de proteção."

Merece uma reflexão! rs

Carlinha disse...

Acho que o ritmo da minha veia é pra lá de 220 volts! rs

Beijos!

Pensamento e Fumaça disse...

INCRÍVEL COMO SEU TEXTO GANHA FORMA!!!!
É delicioso depois de um tempo, voltar e ler coisas tão perfeitas!!!

Por que você sumiu lá do pensamento??? Sinto imensa falta sua...

Um carinho e um beijo!

Su disse...

Talvez seu corpo e sua alma precisam caminhar um pouco mais devagar...

bjos!

Tamára Roots disse...

eu gosto tanto daqui, você escreve de uma forma só sua, linda.
e fugir dos sentidos? como? o bom é o sensacionismo, é sentir, pq quando sentimos, somos!
paz e luz.
http://tamararoots.blogspot.com/

Janaina Cruz disse...

As vezes nos apegamos a desejos e vontades, e nos misturamos a eles, então fica difícil de reconhecê-los e de nos reconhecer também... Você escreve muito bem.

Darlan disse...

Sabe quando você lê e sente vontade de ter escrito? Então, é isso. Exatamente isso...

Beijos!

D. Q. M. disse...

me sinto muito bem em saber que nossa geração de poetas não está completamente perdida como querem nos fazer crer. E se insistirem em dizer que estamos perdidos, diremos que a Perdição é o nosso estilo. E o seu estilo é com P maiúsculo.

Beijos!