Páginas

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

DE UMA CONFIANÇA EM CACOS

Engraçado como o que me fala soa como palavras vazias
Fazem eco no vale sem fundo que você criou entre nós
Nossos laços estão ocos e sem liga
Não há força nem calor
Minha confiança se espatifou no chão
Hoje restam só cacos perdidos
Se conseguir achá-los pode até tê-la de volta
Quem sabe te faça um mapa dos últimos lugares por onde andei
É um bom começo pra se procurar.

-=Þëqµëñä Þö놡zä=-

8 comentários:

Márcia(clarinha) disse...

Nunca fica perfeito depois que quebra :(

lindos dias flor
beijos

Boo disse...

'o anel que tu me destes era vidro e se quebrou'...

Wenndell A. A. disse...

Que angustioso.

Monday disse...

colar pedaços podem remediar, mas não volta mais a ser o que era antes ... as cicatrizes não deixam ...

clarice ge disse...

A falta de confiança causa danos difíceis de reparar. Talvez a única maneira de ir adiante é não olhar para tras. Levar na bagagem as coisas boas e deixar que o passado dilua as más.
carinhos poetiza

willa Albuquerque disse...

Há sempre uma maneira de mudar!

Beijos! :}

Dallas Diego disse...

Tem um presente pra vc lah no escritos!!

Bjux!!

Rita Contreiras disse...

Confiança é cristal...gostei daqui!