Páginas

domingo, 12 de setembro de 2010

NOSSO BARCO


Palavra? É difícil falar? Então fica mudo. Permanece assim. Mas me mostra que você quer de verdade porque eu to a ponto de abandonar esse barco, procurar resgate e deixar você afundar sozinho.

4 comentários:

Powah Kyotto disse...

Talvez eles não estejam prestes a afundar. Só não sabem como se mover. Juntos.

Adoro o que você escreve. Sempre me acho quando me perco em seus escritos.

:)

D. Q. M. disse...

(retornei)

é um encontro sempre bom esse que temos com os teus versos.

Muita gente deixa os barcos afundarem, ou porque não foram bons marujos ou porque navegaram sozinhos.
Apesar de não ser tão simples é assim que enxergo esse tipo de 'navegação'.


Bjus!

Patrícia Lara disse...

É... P. P. às vezes temos que abandonar mesmo o barco, para que as pessoas nos deem o real valor que merecemos. É doloroso, mas é necessário!

Belo texto!

Beijos,
Patrícia Lara

mais amor, por favor. disse...

Que tal remarem juntos? Mas se não tiver jeito mesmo, pula fora desse barco, antes que se afogue junto.
Beijão!