Páginas

terça-feira, 1 de junho de 2010

MAIO

"Maio
Já está no final
É hora de se mover
Prá viver mil vezes mais
Esqueça os meses
Esqueça os seus finais
Esqueça os finais"
(Kid Abelha)




Maio carrega no meio o grito de choro contido
Ai maio...
Tu não é nem meio, nem começo e nem fim.
Trouxe consigo a própria revolução das marés de março
Maio se foi e deixou só o estrago
E agora é tanta coisa pra catar e botar no lugar
Algumas a água levou, lavou, livrou
Secou
Ficou o pó
Como vestígio
Passo uma flanela já gasta nos móveis
Digo saber o que faço
Mas a verdade é que nada sei
Tô reorganizando a casa
Preparando pra me reabitar
Lustro os móveis com a precisão de quem procura o caminho sem saber o caminho.







"E recomeçar é doloroso. Faz-se necessário investigar novas verdades, adequar novos valores e conceitos. Não cabe reconstruir duas vezes a mesma vida numa só existência. É por isso que me esquivo e deslizo por entre as chamas do pequeno fogo, porque elas queimam - e queimar também destrói."
(Caio Fernando Abreu)

8 comentários:

Por que você faz poema? disse...

Desmaio, em qualquer braço.

Celso Andrade disse...

Maio foi difícil pra mim também..
como Caio não gosta de agosto, demrou a passar, mais passou, quanto ao pó que sobra...(é só sobra mesmo)

abraços

Pensamento e Fumaça disse...

Oi menina!!!

Adoro o mês de maio. Meu coração recebe alento...!!
Desmaio em qualquer sensação!!!

Andei sumida, mas tô de volta!!!

Muito carinho por este canto aqui!

Um beijo!
Mell

O que elas estao lendo!? disse...

Querida, será um prazer ter você participando da promoção do Blog O que elas estão lendo!?

Mas lembre-se de enviar um e-mail com sua cidade e Estado com o título LENÇO para elasestaolendo@gmail.com

Só assim validará sua participação!

Beijos

Equipe do blog O que elas estão lendo!?

Jones Giovanella disse...

Maio, uma sina que me persegue.
Uma vida que transparece em um
mês que enaltece um momento,
uma vida que adormece.
Ainda vencerei as noites
do dia 8 de maio, e logo.

Adorei adorando o que escreveste.
;D

Priscila Rôde disse...

Acordei pra ver Junho chegar..
Tá bonito.. tá bonito!

mais amor, por favor. disse...

Ah maio... E só tu sabe como te marcou esse mês, te desorganizou, mexeu contigo.. Mas agora tá na hora da reforma, botar tudo em ordem, mudar os móveis de lugar, isso aí.
Força!

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

adorei o delírio do poema, o despero poétco, a dor e a buaca de paz