Páginas

quinta-feira, 8 de abril de 2010

DOS VERBOS QUE CONJUGO

Então eu digo sim e você diz não. Então eu digo não e você diz sim. E a gente vai brincando de desdizer o que se disse. Vai inventando de inventar o que não existe. O que já é deixa de ser sendo... passando... vivendo... Vai longe. Bem longe. O que fica é só o instante que já foi. Nada é. Sempre está. Estandando estou estendo estado. Sempre me perco nos tempos dos verbos que conjugo.

4 comentários:

Kuriozza disse...

Enquanto for brincadeira, tudo bem.

Bjs.

Sylvia Araujo disse...

E não é bom se perder em si mesmo? Só brincando assim pra visitar todos os recantos escondidos do dentro.

Eu posso estandar estar estendendo estado junto com você? ;)

Delícia de texto!

Beijo

Priscila Rôde disse...

Eu gosto tanto disso! :)

Ká* disse...

Sinto q vivo isso!
Ou será q é mal do seculo?rs


bjos!