Páginas

quarta-feira, 12 de maio de 2010

VENTO BOM



















Tá tudo tão quieto.
Tudo tão manso.
E vem você como uma corrente forte de ar frio abrindo minha janela.
Me invade.
Vento bom. Muito bom
Eu sempre gostei dos fins de outono.

2 comentários:

mais amor, por favor. disse...

E essa vento que vem não sei de onde, nem sei como, mas sempre vem e deixa tudo na bagunça, mas é tão bom, que sempre venha, pra nós duas.
Minha pequena poetiza, fazia tempo que eu não aparecia, mas te convido pra mais um café, quentinho e bem forte, passe lá. Beijão!

(marta silva) disse...

ah como eu adoro sentir esse gostinho de vento de novidade.