Páginas

domingo, 22 de agosto de 2010

DESSAS CIRCUNSTÂNCIAS QUE TEM NOS DOMINADO


É como se não fosse nada. Não fosse eu. Não fosse você. Fossem talvez essas circunstâncias da vida. Essas coisas que nos escapa. Talvez fosse esse entre. Talvez nada. Talvez a gente nem chegue a saber de onde começou e onde isso tudo quer chegar. Mas até quando a gente vai deixar todas essas circunstâncias vazias dominarem nossa história?

Um comentário:

tamara furlan disse...

adorei muito o texto. acho que foi pra mim um 'alerta' rs