Páginas

sábado, 28 de agosto de 2010

QUANDO FALAM MINHA FALA




As coisas que escrevo quando faladas soam tão ridículas. Ainda mais quando proferidas pela boca de outrem. É estranho ver outra pessoa dar o sentimento que quiser as tuas palavras. Como se roubasse nossos sentidos. Sei lá, fica ridiculamente mais leve e insano.

2 comentários:

Gu Paiva disse...

Caraca, já parei pra pensar nisso! Acho estranhíssimo e chego até a me ofender quando ouço alguém falando o que é meu... egoísmo de minha parte, mas vai entender. rs

Teu espaço é lindo.

Su disse...

nem sempre conseguimos colocar na fala aquilo que realmente sentimos...

bjos!