Páginas

sábado, 4 de abril de 2009

Afetos Fragmentados

[...] "O que eu sou para você não é verdade
O que eu sou para você, você não precisa
O que eu sou para você não é o que você significa para mim
Você me dá milhas e milhas de montanhas
E eu pedirei...

O que eu te dou é somente o que eu atravesso
Isso não é novo, não, só mais uma fase para atravessar
O que eu realmente preciso é o que me faz sangrar" [...]


[Tradução de um trecho da música "Volcano" de Damien Rice]

3 comentários:

Pâmela disse...

Nossa, que lindo!
Eu consigo entender o que quiseram dizer. E passo por isso várias vezes ao dia.

Boo disse...

não necessariamente te faz sangrar, mas te faz sentir. viver na intensidade é assim mesmo.

mateo disse...

Já utilizou o site "Allposters"?
Bom domingo.
Bj.