Páginas

quarta-feira, 28 de julho de 2010

DA TUA IMAGEM


A cena fica se repetindo na minha cabeça como um filme. E eu não quero te ver, por enquanto. Porque aí que ela vai maximizar bem na minha frente. Eu vou olhar pra você e lembrar. E eu não quero olhar pra você através dessa lente embaçada que diz mais de você do que você me diz. Eu quero ver o que você me mostra, mesmo já sabendo o que você me esconde.






"Antes que pudesse me assustar e, depois do susto, hesitar entre ir ou não ir, querer ou não querer — eu já estava lá dentro."
(Caio Fernando Abreu)

4 comentários:

Lucas Lima disse...

Que linda esta analogia, rsrsrs, sobre o que se mostra e o que se esconde de cada qual, rsrs
bons dias e bjs

Lene disse...

Mesmo querendo acreditar no contrario,
Só tenho a concordar...
As vezes, já estamos dentro, antes de decidir se queremos ou não.


Bjs!

Patrícia Lara disse...

Olá, P. P.

Adoro seus textos! São lindos!

Esse trecho é sensacional: "Eu quero ver o que você me mostra, mesmo já sabendo o que você me esconde."

Beijos, Flor!
Patrícia Lara

Priscila Rôde disse...

"Eu quero ver o que você me mostra, mesmo já sabendo o que você me esconde."

Eu não quis! rs